quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Inatecsocial decora ACI


A ACI desafiou e a equipe da Inatecsocial, sob o comando da Assistente Social super criativa Lídia Picasso, topou planejar uma decoração todinha de materiais reciclados. Como resultado temos um belo projeto visual, que nos instiga a perceber a importância da educação ambiental. Parabéns, Lídia e ACI!




Capacitação para execução da Coleta Seletiva


A Assessora de Comunicação da Inatecsocial Mariana Wayhs realizou um momento de formação para a execução da coleta seletiva solidária com os catadores da Associação de Tupanciretã no dia 28 de novembro. Na oficina de Linguagem e Comunicação foram abordados os tópicos: comunicação interpessoal e assertiva, aspectos da comunicação oral e gestual nas abordagens ao público, o papel da língua portuguesa na promoção da cidadania. A ação faz parte do plano de trabalho do convênio firmado entre a Fundação Universidade de Cruz Alta e a Fundação Banco do Brasil.





sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Coleta seletiva integral em Tupanciretã será implantada até janeiro de 2020


O projeto Profissão Catador, que impulsionou a formalização da Inatecsocial Unicruz, recebeu patrocínios da Petrobras, CNPQ, Senaes, Rede de Parceira Social do Rio Grande do Sul e, atualmente, da Fundação Banco do Brasil, contrato assinado em maio de 2019. Com o intuito construir uma rede de comercialização de materiais recicláveis, fortalecendo a organização econômica e social dos catadores de materiais recicláveis dos municípios de Cruz Alta, Tupanciretã, Salto do Jacuí e Ibirubá, o Profissão Catador tem conquistado inúmeros avanços na implementação da coleta seletiva nas cidades de atuação, e, ainda, promovido o interesse de outros municípios e estados interessados em implantar essa tecnologia social para organização dos catadores.
Com o intuito de conquistar todos esses benefícios para a comunidade de Tupanciretã, a Coordenadora da Inatecsocial Enedina Teixeira entregou uma proposta para implementação da coleta seletiva no município, entregue em mãos ao Prefeito Carlos Augusto Brum de Souza – Guga, no seu gabinete, no dia 29 de agosto deste ano, com a presença do secretário da SMMA Luiz Afonso Costa, grande apoiador da proposta, e da Sra. Rose da Cruz - presidente da ARTMD - Associação dos Catadores.
A viabilidade da execução do projeto passou por estudo. Dentre as ações previstas estão: coleta domiciliar; ações de conscientização socioambiental em escolas e empresas; contratação e capacitação de equipe de coletores.
Segundo a Coordenadora da Inatecsocial Enedina Teixeira “a aprovação resultará na geração de trabalho e renda para os catadores e na preservação ambiental, colocando o município em posição de destaque na região.”
Além disso, tendo em vista o convênio firmado entre a Fundação Universidade de Cruz Alta e a Fundação Branco do Brasil, o município também receberá caminhão e equipamentos para prestação dos serviços, caso assine o termo de fomento de ampliação da coleta seletiva.
Na manhã da última quinta-feira (21), o prefeito Carlos Augusto Brum de Souza e o secretário de Meio Ambiente Luis Afonso Costa foram recebidos pelas coordenadoras do Projeto Enedina Teixeira e Isadora Virgolin, pela Presidente da Fundação Universidade de Cruz Alta Luísa Pieniz e pela Assistente Social Tamara Rocha na Universidade de Cruz Alta para retomarem às tratativas. Conforme Luis Afonso, "a coleta seletiva plena deve iniciar em janeiro de 2020, e a conquista vai possibilitar o recolhimento diário de resíduos em toda área urbana. "
Vale salientar que, devido à importância social, o projeto Profissão Catador já recebeu variadas premiações: Prêmio FINEP de Inovação 2012 - Tecnologia Social; Prêmio Desenvolvimento e Fortalecimento do município pela ASCAMAJA; Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social em 2013 e em 2015; Prêmio Pioneiras da Ecologia 2015 pela Assembleia Legislativa do RS; Prêmio Sinpro Educação RS 2017 Prêmio Reconhecimento Sustentabilidade do PGQP RS 2018; Reconhecimento de Sustentabilidade pela Câmara de Vereadores de Cruz Alta 2019.



segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Oficina de Cidadania na Associação de Salto do Jacuí

A Assistente Social Tamara Rocha da Inatecsocial promoveu mais uma oficina de Cidadania no dia 07 de novembro, dessa vez na Associação de Salto do Jacuí. A atividade integra o plano de trabalho do convênio com a Fundação Banco do Brasil, apoiadora do Projeto Profissão Catador. Além das capacitações, o aporte social prevê investimentos em caminhões, EPIs e equipamentos para a produção.


quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Oficina de Cidadania na Associação de Tupanciretã

A Assistente Social Tamara Rocha promoveu mais uma Oficina de Cidadania, dessa vez na Associação de Catadores de Tupanciretã. A ação faz parte do plano de trabalho do Convênio com a Fundação Banco do Brasil, assinado em maio desse ano. 





sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Oficina sobre o MEI na Associação de Catadores de Ibirubá


Os catadores do Projeto Profissão Catador Inatecsocial Unicruz, que conta com o apoio da Fundação Banco do Brasil e com a parceria da Prefeitura de Cruz Alta, participaram da Oficina de cidadania "MEI: uma alternativa da seguridade social", ministrada por Edison Outouniozzi do Departamento de Indústria e Comércio, que aconteceu nesta terça-feira, dia 29. O objetivo foi conscientizar sobre a importância e vantagens de ser um micro empreendedor individual. A Assistente Social Tamara Rocha, da Inatecsocial, participou da atividade. 

Daniela da Silva - Bolsista







Ação de educação ambiental na Escola Castelo Branco de Salto do Jacuí


O Projeto Profissão Catador da Inatecsocial Unicruz promoveu uma ação de educação ambiental na tarde de ontem (31) na Escola Castelo Branco, para os alunos do 6º ao 9º ano. A Assistente Social Tamara Rocha, a Assessora de Comunicação Mariana Wayhs e a catadora Tânia da Silva Scherette exibiram o vídeo sobre a vida dos catadores e realizaram uma oficina de separação dos resíduos. Na ocasião, a empresa França Pneus entregou lixeiras sustentáveis para auxiliar no descarte correto dos materiais recicláveis.